24 de setembro de 2014

Roccamora Negroamaro 2011


Após vários meses, a Sociedade da Mesa voltou a selecionar um vinho interessante. Ele veio da Puglia, o calcanhar da "Bota", se chama Roccamora Negroamaro 2011, foi produzido pela Schola Sarmenti, e possui Denominação de Origem Controlada Nardò Rosso.

A uva Negroamaro é uma das mais tradicionais da Puglia. Gera vinhos concentrados, com muita cor e taninos, por isso, tradicionalmente é usada em cortes, para reforçar outros vinhos. Mas neste, ela se encontra em varietal, isto é, 100% Negroamaro, o que nos permite identificar claramente as características desta variedade. As uvas provém de vinhas com média de 30 anos de idade, e foram colhidas a mão. A fermentação ocorreu em tanques com temperatura controlada, e de acordo com o clube, uma parte do vinho estagiou em barricas.

Como esperado, é um vinho denso, com bom corpo (sem exagero), e cor violácea. Taninos muito finos, a acidez não se destaca, é mediana, mas o teor de açúcar residual - um pouquinho maior que a média - ajuda a equilibrar o álcool (ele é classificado como semi-seco, mas não é adocicado). Sua principal virtude está nos aromas: frutas negras - tendendo a frutas desidratadas - aparecem em conjunto com ervas maceradas, cedro, resina e especiarias (com destaque para cravo, pimenta-da-jamaica e erva-doce). Tudo com bastante persistência. Um vinho diferente, fora do lugar-comum. Recomendo.



Um comentário:

  1. Podem comprar, esse foi um dos melhores vinhos q já tomei.
    Excelente, nota 1000!

    ResponderExcluir

Sintam-se livres para comentar, criticar, ou fazer perguntas. É possível comentar anonimamente, com perfil do Google, ou com qualquer uma das formas disponíveis abaixo. Caso prefiram, podem enviar uma mensagem privada para sobrevinhoseafins@gmail.com.