14 de janeiro de 2018

Espumantes ingleses no Brasil

Nos últimos anos, muito temos lido a respeito do sucesso dos espumantes ingleses. Mas no Brasil, normalmente ficamos só na teoria, já que não encontramos deles por aqui, ainda. Mesmo quando estive de passeio pela Inglaterra, não foi fácil achá-los, e o preço era desencorajador. Mas no último mês de dezembro, pude participar de uma degustação de espumantes gabaritados da Inglaterra. Quem organizou foi Andréia Poldi, minha confrade no vinho, que após alguns anos trabalhando no ramo, percebeu a carência de eventos na cidade de Campinas, e por isso está começando uma nova empreitada, a Wine Soul Brasil, para oferecer cursos e eventos na cidade.

A degustação ocorreu no restaurante D'Autore, que possui um excelente espaço para receber eventos do tipo, e um delicioso cardápio, para jantar após a degustação. Nenhum dos vinhos está disponivel no Brasil: todos foram trazidos na mala de amigos e familiares da Andréia, para compor essa que foi provavelmente a primeira degustação de espumantes ingleses em solo brasileiro.

13 de janeiro de 2018

Bessa Valley Enira 2009

Em 2013, eu comentei en passant a respeito do Enira 2008, vinho produzido pela vinícola Bessa Valley, do Vale da Trácia, Bulgária. Eu guardei desde então um certo arrependimento por não lhe ter dedicado um texto exclusivo, pois ele certamente merecia. Dentre tantos bons tintos que provei da Bulgária esses anos, ele está entre aqueles que entregam muito mais do que custam.

29 de dezembro de 2017

Henri Maire Crémant du Jura

Este ano, a Wine, mais uma vez, fez um festival de promoções em novembro. Enquanto outros sites faziam campanhas de "Black Friday", vendendo os vinhos pelo mesmo preço que venderam todo o ano, a Wine deu descontos de deixar irritados os assinantes dos seus clubes de vinho. Isso porque alguns vinhos do clube estavam com preços mais baixos do que seus assinantes haviam pagado.

Um desses, foi o espumante Henri Maire Crémant du Jura Brut, oferecido na Seleção Espumantes em julho de 2017 [*]. Na ocasião, foi oferecido por R$62 a garrafa; e nas promoções de novembro, saiu por R$50!

14 de dezembro de 2017

Lagostim e Sémillon

Outro dia, vi no mercado uma bandejinha de caudas de lagostim (a embalagem dizia lagosta, mas era meio pequeno pra ser chamado assim). Não era barato, mas era um valor factível pra se fazer uma graça, uma vez ou outra. Mesmo assim, não comprei na hora.