1 de outubro de 2015

Rīgas Melnais Balzams: o aroma balsâmico

Detalhe da fachada do prédio da prefeitura de Riga

Quando fiz um mochilão pela Europa, há muitos anos, uma das poucas coisas que trouxe na mochila foi uma garrafa do Bálsamo Negro de Riga. Este bálsamo é uma bebida alcoólica (45% a.b.v.), que entra na categoria de bitters, isto é, licores muito amargos, mais indicados para a confecção de coquetéis do que bebidos puros. É a bebida mais tradicional da Letônia, não porque seja a mais consumida, mas porque é original de lá, é produzida lá. É autenticamente letã. Não é difícil encontrá-la: em qualquer loja de artigos para turista, poderá encontrar uma garrafa para levar de lembrança; e em qualquer café ou bar haverá no cardápio alguns coquetéis elaborados com o bálsamo.

Coquetel de bálsamo com suco de blackberry

Este bálsamo, assim como outros bitters, foi criado como um remédio, por um farmacêutico da cidade de Riga, em 1752. Um bálsamo, no sentido de medicamento, é um remédio feito a partir da maceração de diferentes folhas, flores, raízes, etc. em álcool, para extrair as propriedades ativas dessas plantas. O próprio álcool, além de uma substância que ajuda a extrair esses óleos aromáticos, também era tradicionalmente considerado uma substância com propriedades medicinais. Por isso, muitas bebidas alcoólicas foram criadas no passado com o intuito de servir de remédio. Ao Rīgas Melnais Balzams (o bálsamo negro de Riga) ainda lhe são atribuídos poderes de cura para resfriados e problemas digestivos.

Eu não o trouxe porque adorei a bebida. Aliás, ela é muito, muito amarga. Os coquetéis que provei, na minha opinião, levavam bálsamo demais, e ficavam igualmente muito amargos. Eu o trouxe porque é diferente, porque eu não sabia se algum dia eu voltaria lá, porque a garrafinha de cerâmica é muito charmosa, e porque o cheiro é muito bom. Ainda hoje, tenho um pouco dele. Quando estou com visitas, e comento que um vinho tem aroma balsâmico, vez ou outra algum amigo ou conhecido não sabe identificar o que é. Daí, eu vou ao armário e tiro a garrafinha de cerâmica, e dou-lhe a cheirar. Todos se encantam pelo cheiro. Mas quando provam...

Desde 1900, o Rīgas Melnais Balzams é produzido pela destilaria Latvijas Balsams, localizada em Riga. De acordo com o produtor, é produzido a partir de 24 ingredientes naturais, que ficam macerando em vodka pura dentro de barris de carvalho. A título de curiosidade, a destilaria Latvijas Balsams também é responsável pela produção da vodka Stolichnaya. Mas não creio que seja a Stolichnaya que utilizam para produzir o bálsamo. De qualquer maneira, esta garrafinha já ajudou muita gente a entender o que é aroma balsâmico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sintam-se livres para comentar, criticar, ou fazer perguntas. É possível comentar anonimamente, com perfil do Google, ou com qualquer uma das formas disponíveis abaixo. Caso prefiram, podem enviar uma mensagem privada para sobrevinhoseafins@gmail.com.