17 de agosto de 2014

Vinho Verde vai bem com Cuiabá

Vinho Verde harmoniza com Cuiabá. Vai bem com o calor, e com a culinária da cidade.

Já estávamos de viagem marcada para Cuiabá, então aproveitei a promoção da Wine.com.br, para enviar algumas garrafas do Artefacto 2013, por R$24,50 cada, e frete gratuito. Este vinho é importação exclusiva do site, e é produzido por um dos enólogos de maior reputação de Portugal: Luís Duarte. Eu já havia conhecido alguns de seus vinhos produzidos no Alentejo, em degustação na ABS, mas esta é a primeira vez que provo um vinho feito por ele que vem de outra região - no caso, da região dos Vinhos Verdes.

O vinho é classificado como semi-seco pela legislação brasileira, mas conforme já comentei antes, para um Vinho Verde, é necessário verificar o equilíbrio entre a acidez e a doçura. E de fato, ele não tem caráter 'adamado' (como se diz na 'terrinha'), resultando em um vinho de sensação predominantemente seca, em que o açúcar residual apenas amacia a acidez pungente. Além disso, apresenta bastante da tradicional agulha que faz esses vinhos tão refrescantes e fáceis de harmonizar.


Galinhada com pequi combina com o quê?

O pequi, este pequeno fruto do cerrado, não passa desapercebido na composição de um prato. Sabendo que eu adoro, Laice preparou uma deliciosa galinhada carregada de pequi. Estava uma delícia, todo mundo se esbaldou, e mais importante: todos foram unânimes em concordar que o Vinho Verde vai muito bem com a galinhada. O prato, devido ao seu sabor marcante, não é algo tão fácil de harmonizar. O vinho tem que ser muito fresco, e de preferência com algum gás, para não ser apagado pela presença do pequi. As melhores apostas são espumantes leves, e Vinhos Verdes com agulha.


Pacu assado, pacu frito

Ainda tinha Vinho Verde para mais uma refeição, onde o prato principal foi o pacu. Laice nos recebeu em sua casa para um banquete de ventrechas fritas, como o que descrevi no final do ano passado (e que também havia sido acompanhado de Vinho Verde).

Mas dessa vez tivemos um bônus: além das ventrechas fritas, tivemos costela de pacu assada na brasa! Nó! Bom demais! Ainda tinha uma saladinha de tomates e farofa de banana como guarnições, não precisava de mais nada, quer dizer, a não ser do Vinho Verde, gelado!


Quer conhecer mais a respeito de Vinhos Verdes? Leia: Dos Vinhos Verdes: Mas afinal, o que é Vinho Verde?.

2 comentários:

  1. Vai bem mesmo!
    E que prato de pequi bonito hein? Me deu até água na boca...
    Nunca harmonizei o pequi com Vinho Verde, vou tentar assim que a oportunidade surgir.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá Edward,
      recomendo demais. Na minha opinião o Vinho Verde está entre os mais 'harmonizáveis'. Para pratos difíceis de harmonizar, um Vinho Verde é o que tem melhor chance de dar certo.
      Quando tiver a oportunidade, me conte o que achou!

      Excluir

Sintam-se livres para comentar, criticar, ou fazer perguntas. É possível comentar anonimamente, com perfil do Google, ou com qualquer uma das formas disponíveis abaixo. Caso prefiram, podem enviar uma mensagem privada para sobrevinhoseafins@gmail.com.