11 de novembro de 2017

Lustau Palo Cortado Península

No mês passado, uma de minhas confrarias teve como tema os vinhos de Jerez. Foram selecionados 5 vinhos, para representar os 5 estilos mais prestigiados dentro dos vinhos de Jerez: um Fino, um Amontillado, um Palo Cortado, um Oloroso, e um PX.

Não conhece o Jerez e sua infinidade de estilos: Leia: Dos vinhos de Jerez.

A maioria dos confrades nunca tinha provado desses vinhos, antes. Para eles, a expectativa não estava em sintonia com o que iriam provar, mesmo tendo sido advertidos. A estranheza e a rejeição sumária tomaram conta, seguidos de comentários hilários e jocosos quanto aos vinhos. Não eram exemplares ruins, mas são tão diferentes dos vinhos regulares, que é melhor não pensar em vinho: Jerez é Jerez.

O que 'salvou' a degustação para essa maioria foi o presunto cru. Quem conhece esses vinhos já deve ter ouvido falar que esta seria a harmonização perfeita. Mas com tantos tipos de Jerez tão diferentes, qualquer um fica bom ao lado do quitute? Certamente, que não.

Na nossa prova, o Fino desapareceu sem deixar vestígios. O Amontillado também perdeu muito de sua graça. O PX, pelo contrário, com sua doçura infinita, aniquilou o jamón. O Oloroso não foi de todo mal, mas também não criou uma alquimia que o redimisse diante de todos.


A harmonização que realmente encantou foi com o Lustau Palo Cortado Península. Palo Cortado pertence ao grupo dos Jerezes Generosos, isto é, fortificados e secos. Ele se posiciona entre o Amontillado e o Oloroso, tendo nuances muito discretas de crianza biológica, mas que passa por vários anos de envelhecimento oxidativo. O Península especificamente é tão semelhante a um Oloroso, que - tendo a degustação sido levada às cegas - foi difícil identificar qual era um e qual era o outro.

Mas alguma coisa ele tinha de diferente, que o fez tão melhor junto ao presunto cru. O intenso sabor oxidado não deixa o vinho desaparecer diante do sabor forte do presunto. Mas o principal foi que a combinação trouxe nuances doces à boca, em lugar de ressaltar o salgado (como ocorreu com os outros vinhos). O sabor adocicado conquistou até mesmo aqueles que não tinham gostado do vinho separadamente, e o que se viu foi as doses de Palo Cortado de cada um se esgotarem.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sintam-se livres para comentar, criticar, ou fazer perguntas. É possível comentar anonimamente, com perfil do Google, ou com qualquer uma das formas disponíveis abaixo. Caso prefiram, podem enviar uma mensagem privada para sobrevinhoseafins@gmail.com.