28 de maio de 2013

Botromagno Nero di Troia 2008


A primeira vez que ouvi falar da uva Nero di Troia, foi em um vinho que recebi da Sociedade da Mesa, chamado Torre del Falco 2008 (leia aqui). Ele me havia provocado sensações antagônicas: em um primeiro momento, o achei um tanto duro, cheio de arestas, até mesmo desagradável. Porém, passado um ano, provei outras duas garrafas, e estavam excelentes, um vinho redondo, e cheio de caráter.

Sendo uma variedade relativamente rara, não esperava ver tão cedo outro varietal dela. Por isso, foi com surpresa e curiosidade que recebi o anúncio de uma degustação da ABS Campinas, com a importadora Vínica, que entre outros vinhos apresentou o Botromagno Nero di Troia 2008, produzido pela Botromagno Vigneti & Cantine.

A cantina Botromagno está situada em uma região montanhosa da Puglia, o 'calcanhar da bota', na Itália. Produzem praticamente apenas uvas nativas da região, como a Nero di Troia. As uvas deste vinho provém de vinhedos com mais de 25 anos de idade. Passou por fermentação alcoólica por 10 dias, seguida de fermentação malolática completa. Por fim, permaneceu 20 meses em tanques de inox, e mais 6 meses em garrafa, antes de ser colocado no mercado.

O exemplar da Botromagno - que por sinal era do mesmo ano daquele da Sociedade da Mesa - já estava pronto para o consumo. Tinha cor rubi de intensidade média, mostrando evolução para o tijolo nas bordas. Apresentou aromas de especiarias doces, seguidos de frutas negras maduras, e um toque de couro, muito leve. Na boca, se mostrou muito agradável, redondo, com taninos macios, boa acidez e um retrogosto floral. A evolução na taça trouxe um discreto aroma mentolado, enquanto as notas de couro ganhavam intensidade. Como disse, está pronto, e a sugestão da importadora é de que seja consumido até o final do ano que vem.

Seu preço de mercado é de R$69,00, e em Campinas é distribuído pela Excelência Vinhos.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sintam-se livres para comentar, criticar, ou fazer perguntas. É possível comentar anonimamente, com perfil do Google, ou com qualquer uma das formas disponíveis abaixo. Caso prefiram, podem enviar uma mensagem privada para sobrevinhoseafins@gmail.com.